tipos-de-trancas-make-you-app

As tranças são um dos penteados que nunca saem de moda e podem ser feitas em qualquer tipo de cabelo: compridos, médios e até mesmo curtos. Tudo depende do seu estilo e de como você as faz. E não para por aí! Existem diversos tipos de tranças para fazer sozinha em qualquer ocasião, seja para o dia a dia, passeio no parque ou em momentos festivos como aniversários e casamentos.

A trança pode ser tanto um penteado mais romântico e primaveril, quanto algo mais despojado ou elegante, tudo depende do acabamento e de como você combiná-la com a make e o look. Além disso, fazer uma trança nos dias em que seu cabelo não está muito bem-comportado, como quando chove, é uma ótima opção para segurar o frizz, por exemplo.

Ficou interessada em conferir as opções que separamos para você? Continue lendo para conferir!

1. Trança embutida única volumosa

Esse tipo de trança é uma boa opção para fazer no dia a dia. Antes de começar a trançar, é indispensável ter cuidados básicos com o cabelo. Deixá-lo bem desembaraçado e aplicar um óleo ou leave-in para as pontas ajuda a manter o cabelo alinhado e saudável.

Primeiro, separe uma quantidade de cabelo do topo da cabeça. Você vai precisar dividir essa quantia de cabelo em três partes e trançar uns 2 gomos, não precisa ser até o final do cabelo, pois essa trança é embutida.

Em seguida, pegue uma mecha solta de um dos lados e junte-a com uma das mechas que já foi trançada e que seja do mesmo lado E trance mais uma vez com a nova mecha adicionada. Repita o processo no cabelo todo alternando os lados. Ao final, prenda com um elástico fino ou laço.

Para deixá-la volumosa, é só puxar levemente as mechas para que se afrouxem um pouco e finalizar com um spray fixador.

2. Trança embutida invertida

Se você quer uma variação simples da trança embutida tradicional, a trança invertida é a escolha certa para você. Para fazer esse penteado siga os mesmos procedimentos para preparar o cabelo descritos no tópico anterior.

O processo é quase o mesmo porém, na hora de trançar, você deve passar cada mecha por baixo da outra, em vez de colocar por cima, como nas tranças comuns. Faça isso até o cabelo acabar, prenda e finalize como preferir.

3. Trança boxer braids

A boxer braids é um estilo mais despojado de trança, que combina principalmente com looks e maquiagens noturnos. O penteado se tornou tendência nos últimos tempos e a trança também pode ser feita de duas maneiras: invertida ou embutida.

Para fazer qualquer uma das duas é necessário preparar o cabelo e dividi-lo em dois, como se você fosse fazer uma maria chiquinha, mas sem prender com um elástico. Em seguida, é só trançar cada lado começando pela parte da frente e pegando mechas finas de aproximadamente 1 centímetro.

Você pode optar por fazer as boxer braids centralizadas ou acompanhando o contorno do rosto. Para que fiquem melhor alinhados e definidos, passe uma uma pomada finalizadora nos fios.

4. Trança “falsa” no rabo de cavalo

Por ser uma trança “falsa” ela é mais rápida de fazer e é uma boa escolha para os dias em que o cabelo não está tão legal. Prenda os fios em dois rabos de cavalo juntos – um para cima da orelha e outro para baixo.

Separe o de cima em duas partes e passe-as cada uma por um lado, encontrando as duas mechas embaixo do rabo de baixo e prenda com um elástico. Repita esse processo com o rabo que estiver por cima até o final do cabelo e você terá sua trança pronta.

5. Trança cascata

Esse tipo de trança é ideal para momentos especiais, sendo também adequada para quem tem cabelo curto. Para fazê-la, pegue uma mecha grossa de um dos lados do cabelo um pouco acima da orelha. Divida-a em três partes, trance um gomo e solte a mecha que ficou por baixo.

Em seguida, pegue uma nova mecha de cima, trance mais um gomo e solte a mecha de baixo. Repita o processo até o outro lado da cabeça. Prenda a trança com um grampo e a esconda por debaixo do cabelo.

Você também pode optar por fazer a trança cascata até a metade da cabeça e repetir o mesmo processo do lado contrário. No final, amarre as duas tranças juntas e você estará pronta para arrasar!

6. Trança espinha de peixe

A trança espinha de peixe é um tipo mais elaborado, ideal para festas e eventos à noite. Por isso, requer um pouco mais de prática na elaboração do que as outras.

Primeiro, coloque o cabelo todo para um lado de sua escolha. Se preferir, pode prender os fios em um rabo de cavalo baixo e lateral para facilitar na hora de fazer o penteado. Separe o cabelo em duas partes, pegue uma pequena mecha da extremidade e passe-a para o meio da trança.

Repita o processo no cabelo inteiro alternando os lados. No final, você pode optar por afrouxar um pouco a trança para deixá-la mais grossa e volumosa. Prenda com um elástico e finalize com acessórios para complementar o penteado.

7. Coroa de tranças

Esse penteado combina com festas de fim de ano e formaturas, mas só é possível fazê-lo em cabelos mais compridos. Para iniciar essa coroa, você deve dividir o cabelo ao meio e fazer uma trança comum de cada lado.

Com as tranças prontas, passe uma por cima da cabeça, até quase chegar na orelha do lado contrário. Prenda-a com um grampo. Repita o processo com o outro lado, passando essa trança por trás da que já está fixada. Coloque mais alguns grampos para prender bem, finalize com spray fixador e você estará coroada.

Agora que você já conhece diversos tipos de tranças para fazer sozinha pode inovar no visual diariamente e aproveitar para se arrumar para o trabalho, dia a dia e também elaborar penteados para festas em casa.

Gostou de saber um pouco mais sobre como fazer tranças sozinha? Então compartilhe esse post nas redes sociais para que suas amigas também possam aprender mais sobre o assunto.[/column]