Brook Preloader

Organização pessoal: 4 dicas para fazer sua agenda semanal

Organização pessoal: 4 dicas para fazer sua agenda semanal

Olhando celular

Saber onde colocou aquele telefone que anotou na correria, começar a semana sabendo todos os atendimentos agendados e responsabilidades pessoais tudo isso está envolvido com organização pessoal.

O uso de uma agenda auxilia muito na hora de entender melhor o panorama da sua própria vida. 

Segundo o livro “O Poder do Hábito” do autor Charles Duhigg “Os hábitos, dizem os cientistas, surgem porque o cérebro está o tempo todo procurando maneiras de poupar esforço”.

A ideia aqui é criar um hábito que te beneficie e te forneça mais tempo de qualidade a partir daquela ação: a organização pessoal. Vamos juntos nessa?

Pode até parecer cansativo organizar a agenda, mas problemas como esquecimento e perda de tempo podem surgir com o passar dos dias se todo seu trabalho depender só da boa memória.

Então, já comece anotando tudo que você precisa.

Até quando aparecer aquela coisinha que você esqueceu de fazer enquanto executa uma tarefa. Isso mesmo, tenha sempre caneta e papel perto.

Agenda

Por onde começar a organização pessoal

Segundo a especialista e consultora de organização e produtividade Julie Morgenstern, categorizar responsabilidades, facilitar a visualização e monitorar são características que podem torná-lo mais produtivo.

“Você pode comparar [organizar o tempo] a organizar um armário. Há uma quantidade limitada de espaço que muitas vezes é abarrotada com muita coisa”, diz Morgenstern.

A Agenda é uma ferramenta primordial para organização pessoal, confira 3 dicas para organizar a sua: 

  1. Se atente aos detalhes: Releia aquele telefone que você anotou e vai passar para o celular. Reveja o horário que você marcou com a cliente para acrescentar na agenda.
  2. Tire um tempinho para organizar sua agenda: Vale ser no caminho do trabalho mas organize sua agenda pessoal e profissional. Colocando seus afazeres, tempo de deslocamento, duração aproximadamente e dia da semana. 
  3. Categorize urgências: veja o que realmente é importante e o que pode ser feito em um outro momento, semana ou dia. 
  4. Não esqueça de acrescentar um tempinho para você: vale um horário de cochilo na rede, uma meditação ou até um papo com a melhor amiga. 

Confira mais dicas assistindo: 

Conheça mais dicas lendo:

Organização no trabalho: confira 6 dicas de como fazer isso agora mesmo​​​

Conheça 4 tipos de clientes e saiba como atendê-los