Brook Preloader

Setembro Amarelo: Dicas de como cuidar da sua saúde mental e bem-estar

Setembro Amarelo: Dicas de como cuidar da sua saúde mental e bem-estar

O Setembro Amarelo é uma campanha brasileira com o objetivo de prevenir e reduzir os números de suicídio do Brasil. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano a partir de pautas e temas semelhantes ao assunto, principalmente relacionados à saúde mental e ao bem-estar. 

Convidamos nossa parceira e psicóloga Camila Brunetta para falar um pouco mais sobre o assunto e esclarecer algumas dúvidas. Camila Brunetta é  psicóloga clínica e trabalha com foco em atendimentos clínicos, terapia, e produção de conteúdos da psicologia aplicada à vida real, através do Instagram (@camilabrunetta.psi) e de podcasts. 

Confira abaixo, algumas orientações recomendadas pela psicóloga, visando transmitir o que é essencial ter na rotina para obter uma qualidade de vida com saúde e bem-estar, tanto para a pessoa no âmbito individual, quanto para o coletivo, na convivência com o outro. 

Veja também: Conheça os benefícios da massagem para a saúde

Make You: 

Como você observa o dia a dia das pessoas no contexto atual que estamos vivendo? 

Camila:

Eu percebo com a minha experiência atendendo diversas mulheres que cada vez mais estamos cansadas, estressadas, ansiosas, insatisfeitas, com baixa autoestima e baixa produtividade. Dificilmente encontrar alguém não se sentiu assim em algum momento nos últimos tempos. 

Com isso, muita gente busca uma resposta rápida e uma receita para eliminar um problema ou uma ansiedade, mas isso não funciona! Esse é um “mal”  da nossa geração, tentativas fracassadas de “tapar o sol com a peneira” quando na verdade saúde mental, bem-estar, satisfação e autoestima não são construídos “do dia para a noite.”

Make You: 

O que você considera realmente importante para virar a chave da vida e conseguir se sentir satisfeita e realizada todos os dias mesmo vivendo uma rotina? 

Camila:

Você precisa começar olhando pra você e pro que está ao seu redor. Muita gente tem dificuldade para identificar o que pensa e o que sente, o que está por trás desses sintomas de ansiedade, cansaço e improdutividade. Então eu vou te propor aqui que você olhe ao seu redor, a sua volta, como está a sua casa, o seu trabalho, os seus relacionamentos? Sua casa está organizada ou está uma bagunça? Você cuida da sua cama quando levanta? da sua alimentação? Você zela pelo seu trabalho e pelos seus relacionamentos? Aí está uma grande chave! Provavelmente se a sua vida está uma bagunça, você também pode estar se sentindo assim. Você consegue oferecer para o outro e para a vida aquilo que está dentro de você, por isso o seu ambiente externo se torna um exemplo de como você está internamente! 

Esse exercício de conscientização e de percepção te leva a ter uma visão, um cenário de como está a sua vida hoje, e se você identificou que as coisas estão desorganizadas por aí, agora é a hora e a sua chance de reorganizar a sua rotina e muito além disso, a sua vida e o seu autocuidado! 

Make You: 

Dentro de tudo isso, o que você considera importante para mentalizar e entender sobre o conceito de saúde mental? 

Camila:

O primeiro passo é colocar na cabeça que saúde mental vem de um processo contínuo de cuidado, não adianta tentar tudo de uma vez do dia para a noite. Depois de analisar os seus arredores, o próximo ponto de partida para isso é olhar para você mesma. A sua relação consigo mesma e com o mundo é um processo de constante construção que não acontece automaticamente, depende de intencionalidade. Ninguém nasce com uma autoestima elevada, ela é construída de acordo com as suas experiências e com a sua forma de lidar e olhar para você mesma!

Assim como hábitos saudáveis são escolhas que precisam de dedicação e investimento, você também precisa investir em você, isso também é saúde mental, investir em si mesma! Você investe em tanta coisa e tanta gente, mas já parou para pensar como melhorar o SEU autocuidado para SE agradar?

Make You: 

Se, por exemplo, uma pessoa passou por um momento muito difícil no passado, com baixa autoestima e problemas pessoais que tiveram de ser tratados, sobram resquícios hoje? É possível transformar uma situação dessas? 

Camila:

Sim, é possível transformar sem sobrar resquícios! Independente do que aconteceu com você no seu passado, você pode construir uma autoestima saudável, você pode começar a olhar pra você com mais cuidado e valorização, reconhecendo os desafios e dificuldades que você já enfrentou, honrando a sua história, lembrando que você é única e justamente por isso, na sua vida, não cabe comparações com a jornada de outras pessoas, principalmente nas redes sociais!

Make You: 

Como conciliar a rotina de autocuidado com a rotina profissional?

Camila:

Na verdade, uma complementa a outra. Você não vai deixar de ser produtivo por dedicar mais momentos ao seu autocuidado, pelo contrário! Ninguém consegue viver bem se abandonando, sem olhar para si. 

Quando você está se sentindo bem consigo mesmo, os afazeres do dia a dia acabam fluindo muito melhor e mais rapidamente. Seja gentil com você, não se cobre para ter uma vida sem ansiedade, sem problemas, sem dificuldades, isso não existe! Mas existem  diversas possibilidades para você viver bem e com qualidade. Um respiro no meio do dia para fazer algo que te faça feliz, não vai prejudicar a sua semana. 

Make You: 

Afinal, quais pilares são fundamentais para cuidar da saúde mental atualmente, com uma autoestima e bem-estar saudável e sem crises de estresse e ansiedade? 

Camila:
  • Boa alimentação, alimentação saudável
  • Ter uma boa noite de sono
  • Praticar atividade física
  • Fazer terapia
  • Cultivar relacionamentos saudáveis e recíprocos
  • Ter momentos de restauração equilibrados com momentos de produção
  • Rituais de autocuidado

 

LIVE SOBRE SAÚDE MENTAL E BEM-ESTAR: MAKE YOU + CAMILA BRUNETTA

Veja também: Papo de Especialista: Como manter a saúde mental em tempos de pandemia