unhas-make-you-app

Tem sensação melhor do que estar com as unhas bem-feitas, com o tamanho certo, e pintadas com um esmalte bem glamouroso? Maravilha, não é? Acontece que, infelizmente, nem sempre isso é possível.

Quando estamos com as unhas fracas, manter um visual bonito fica bem complicado. Mas, você sabe identificar se suas unhas estão com a saúde comprometida? E se está, sabe o que fazer para melhorar? A seguir, separamos 9 dicas especialmente para você ter os cuidados certos com as suas unhas, deixando-as muito mais fortes e lindas. Acompanhe!

Como identificar unhas fracas?

Manter a boa aparência e o cuidado com as unhas é também questão de saúde. Estar com as unhas fracas pode ser, inclusive, indicação de alguma doença. Os motivos que comprometem a boa saúde das unhas vão desde o uso constante de produtos químicos, como detergentes e demais produtos de limpeza, falta de vitaminas ou mesmo o uso de esmaltes por longos períodos, sem interrupções.

Identificar se suas unhas estão fracas, é o primeiro passo para que elas voltem a ter um aspecto bonito e chamativo. De modo geral, os principais sinais são:

  • descoloração;
  • afinamento;
  • descamação;
  • aspecto poroso;
  • manchas;
  • irregularidades;
  • surgimento de fungos.

Caso você perceba que alguns desses sintomas correspondem ao estado atual das suas unhas, é fundamental procurar um dermatologista para pesquisar mais a fundo as causas. Mas, até lá, há alguns cuidados que você pode ter para melhorar a condição delas.

Quais os cuidados para melhorar a saúde das unhas?

Independentemente se você faz as unhas em casa ou no salão, há alguns cuidados que devem ser colocados em prática sempre. Veja, a seguir, os principais:

1. Tenha seus próprios materiais

Se você faz as unhas em casa, é melhor ter o seu próprio material. Mesmo que você tenha o costume de dividi-los apenas com pessoas conhecidas, os alicates, lixas, palitos, entre outros utensílios, devem ser de uso exclusivo seu. Isso porque, doenças como a hepatite B, hepatite C, fungos e bactérias, são facilmente transmitidas por meio do compartilhamento desses itens.

Se tem o costume de fazer no salão, não tenha vergonha de levar os seus, ou avaliar se o estabelecimento cumpre com todas as medidas de higiene necessárias.

2. Não tire a cutícula

Pode parecer estranho e talvez você ache que o resultado final não fique tão bom, mas as cutículas não devem ser tiradas de forma alguma. Elas formam uma espécie de proteção para a unha, tanto contra a entrega de possíveis doenças quanto para proteger a raiz, e tirá-las deixa as unhas totalmente expostas.

O ideal é somente empurrar a cutícula com a ajuda de um palito, ou mesmo durante o banho, quando ela fica bem molinha. Assim, o excesso sairá naturalmente, o visual ficará agradável, e sem o risco de contrair doenças.

3. Evite polir ou lixar demais

A lixa é uma grande aliada para que os cantinhos da unha não se quebrem. Contudo, é preciso evitar lixar ou polir as superfícies. Esse ato contribui para que ela fique mais fraca e, por consequência, quebradiça.

Além disso, é importante ficar atenta ao ângulo correto para lixá-las: 45 graus, sempre das bordas em direção ao centro. E nada de vai e vem! O certo é lixar somente em um único sentido.

4. Melhore sua alimentação

Uma alimentação saudável, que tenha como base alimentos naturais, também é fundamental para manter a boa saúde das suas unhas. O consumo de alimentos que contenham minerais, como o silício, enxofre, zinco e cálcio são os mais indicados.

5. Acostume-se a usar luvas

É quase inevitável fugir dos serviços domésticos, mesmo que seja para lavar somente algumas louças, não é mesmo? No entanto, produtos como detergentes, sabões e cândida contribuem para o enfraquecimento das unhas.

Para se ter uma ideia, até mesmo o simples ato de passar muito tempo com as mãos na água, já causa problemas. Já reparou como elas ficam moles depois de muito tempo na umidade? É ainda mais fácil quebrarem nesse momento.

Se você tiver dificuldades em usar luvas por achar que elas atrapalham na execução das tarefas, experimente aquelas pretas, muito utilizadas por cabeleireiros. Elas aderem melhor às mãos, sem tirar a sensibilidade ao toque, mas, ao mesmo tempo, protegem bem.

6. Escolha o esmalte pela qualidade, não só pela cor

O esmalte correto também faz muita diferença para a saúde das suas unhas a longo prazo. Mais do que se preocupar com a cor que vai usar, é a qualidade do esmalte que deve estar em primeiro lugar.

Mesmo que você não seja alérgica a ele, dê preferência a produtos livres de tolueno e formaldeído na sua fórmula. Hoje em dia há uma grande variedade de esmaltes hipoalérgicos, 3 free e até 5 free, com excelente qualidade na cor e durabilidade.

7. Sempre utilize base antes do esmalte

Nada de passar o esmalte colorido direto nas unhas. Use sempre uma boa base, de preferência fortalecedora, antes de aplicar o esmalte. Ela vai criar uma película protetora, evitando que o uso constante do esmalte deixe suas unhas enfraquecidas.

8. Dê uma pausa, e hidrate bastante

Sim, as unhas também precisam de um tempo só para elas. Ficar um período sem esmaltes é superimportante para manter a boa saúde. Uma vez por semana dê um intervalo de, pelo menos, 24 horas, para descansarem da química sobre elas. Durante esse tempo, hidrate bastante, passando creme para as mãos nas unhas e pontas dos dedos. Os cremes de corpo e óleos também podem ser utilizados.

Além disso, resista à tentação de colocar unhas postiças durante o período sem esmalte. A ideia é deixar a unhas totalmente ao natural, e a cola utilizada para fixá-las, por mais que seja feita para isso, não deixará suas mãos livres de químicas.

9. Troque a acetona pelo removedor

A acetona tende a deixar as unhas esbranquiçadas, manchadas e enfraquecidas. Já o removedor, é um produto mais fraco, mas que tem a mesma função da acetona, sem agredir as unhas ou a pele da sua mão. Outra opção bem prática, em especial para emergências, são os lenços removedores de esmalte. Fáceis de levar para qualquer lugar, são práticos e têm um bom resultado final.

Quais os melhores truques caseiros?

Além de todas as dicas apresentadas até aqui, há ainda alguns truques caseiros que você pode fazer, e podem lhe ajudar muito a ter unhas mais fortes e bonitas:

Base fortalecedora caseira

Basta colocar alguns pedacinhos de alho e cravo dentro de uma base incolor. Essa mistura garante unhas fortes e estimula o crescimento. Sim, pode ser que fique com o cheiro um pouco forte, mas ele passa rapidinho, e o resultado após umas duas semanas de uso faz valer a pena.

Vinagre

É só passar com um algodão sobre as unhas antes de pintar novamente. Ele ajuda a retirar qualquer resto de esmalte que tenha ficado, e ainda fixa melhor o produto que será aplicado, garantido unhas pintadas por mais tempo.

Água gelada

Está com pressa e quer que o esmalte seque mais rápido? Aguarde dois minutos após finalizar a sua aplicação e mergulhe as mãos na água gelada. A baixa temperatura ajuda na secagem e ainda dá brilho.

Viu como são dicas simples que podem evitar que as unhas fracas comprometam o seu visual? Com um pouquinho de atenção e os devidos cuidados, é possível estar com elas sempre arrumadas, saudáveis e bem femininas.

E então, qual seu truque para manter as unhas bonitas? Comente neste post e divida suas experiências com a gente!